Rota Vinícola do Norte de Portugal

1 995,00 

Uma oportunidade única de conhecer a região vinícola do norte de Portugal.

Descrição

LISBOA / ÓBIDOS / NAZARÉ / COIMBRA / BUÇACO / AVEIRO / VISEU / LAMEGO / GUIMARÃES / ANCEDE / BRAGA / PONTE DA BARCA / PONTE DE LIMA / VIANA DO CASTELO / BARCELOS / PORTO / QUELUZ / SINTRA / CABO DA ROCA / CASCAIS

Preço inclui:

Passagens aéreas dependendo da origem; Hotel com pequeno-almoço, jantar e transporte para o aeroporto; Serviço de autocarro de turismo para todo o itinerário, despesas do motorista incluídas; Guia acompanhante, com todas as despesas do guia incluídas; Guias locais; Entrada nos museus / palácios mencionados no programa; Almoços e jantares, conforme discriminado no programa; Seguro de viagem; City tax em todas as cidades; Gratificações; Imposto à taxa legal em vigor.

Preço não inclui:

Passagens aéreas dependendo da origem; Outras refeições não mencionadas; Bebidas às refeições ou no autocarro; Entradas não mencionadas; Despesas pessoais, bar, lavandaria, telefonemas, entre outros não mencionados.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Rota Vinícola do Norte de Portugal”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por perto

Castelo de São Jorge
O Castelo de São Jorge é um dos monumentos mais emblemáticos de Lisboa, cujo nome deriva do santo dos cavaleiros e cruzadas. Está no topo de uma das colinas da cidade com séculos de história e com uma das melhores vistas para o Tejo e Lisboa.

Padrão dos Descobrimentos
O Padrão dos Descobrimentos belo e imponente monumento situado em Belém, a escassos metros das águas do rio Tejo. Foi construído durante a ditadura de Salazar e inaugurado em 1960 para comemorar os 500 anos da morte do Infante D. Henrique, o Navegador.

Mosteiro dos Jerónimos e Igreja de Santa Maria de Belém
O notável Mosteiro dos Jerónimos de Lisboa é um dos monumentos mais apelativos e imponentes da cidade de Lisboa. A sua construção teve início em 1502 sob as ordens do rei D. Manuel I. É um obra-prima da arquitetura portuguesa do século XVI, está classificado Património Mundial da UNESCO.

Santuário do Bom Jesus
O Santuário do Bom Jesus do Monte ou como é mais conhecido por Santuário do Bom Jesus de Braga, localiza-se no distrito de Braga, em Portugal. Este Santuário é dedicado a Jesus que tem um conjunto arquitetónico paisagístico.

Palácio de Queluz
Este palácio começou por ser uma quinta de recreio da família real. Mandado construir em 1747 pelo rei D. Pedro III apesar de ser muito menor, é chamado frequentemente de "o Versalhes português". Neste palácio destacam-se as belas decorações ao gosto barroco e os fantásticos jardins desenhados à imagem de Versalhes.

Palácio da Pena
O Parque e o Palácio da Pena, implantados na serra de Sintra e fruto do génio criativo de D. Fernando II, são o expoente máximo do Romantismo do século XIX em Portugal, com referências arquitetónicas de influência manuelina e mourisca. O Palácio ergue-se sobre uma rocha escarpada, que é o segundo ponto mais alto da Serra de Sintra.