Portugal e Norte de Espanha

1 295,00 

Experiencie um roteiro que combina sítios maravilhosos de Portugal com o incrível norte de Espanha.

Descrição

LISBOA / SINTRA / CABO DA ROCA / ESTORIL / ÓBIDOS / ALCOBAÇA / BATALHA / LEIRIA / COIMBRA / VISEU / LAMEGO / PORTO / GUIMARÃES / BRAGA / VIANA DO CASTELO / SANTIAGO DE COMPOSTELA / OVIEDO / SANTANDER / BILBAU / SAN SEBASTIAN / SARAGOÇA / BARCELONA

Preço inclui:

Hotel com pequeno-almoço, jantar e transporte para o aeroporto; Serviço de autocarro de turismo para todo o itinerário, despesas do motorista incluídas; Guia acompanhante, com todas as despesas do guia incluídas; Guias locais; Entrada nos museus / palácios mencionados no programa; Almoços e jantares, conforme discriminado no programa; Seguro de viagem; City tax em todas as cidades; Gratificações; Imposto à taxa legal em vigor.

Preço não inclui:

Passagens aéreas; Outras refeições não mencionadas; Bebidas no autocarro; Entradas não mencionadas; Despesas pessoais, bar, lavandaria, telefonemas, entre outros não mencionados.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Portugal e Norte de Espanha”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por perto

Castelo de São Jorge
O Castelo de São Jorge é um dos monumentos mais emblemáticos de Lisboa, cujo nome deriva do santo dos cavaleiros e cruzadas. Está no topo de uma das colinas da cidade com séculos de história e com uma das melhores vistas para o Tejo e Lisboa.

Palácio Nacional de Queluz
Este palácio começou por ser uma quinta de recreio da família real. Mandado construir em 1747 pelo rei D. Pedro III apesar de ser muito menor, é chamado frequentemente de "o Versalhes português". Neste palácio destacam-se as belas decorações ao gosto barroco e os fantásticos jardins desenhados à imagem de Versalhes.

Palácio Nacional da Vila
A história milenar deste Palácio começou durante o domínio muçulmano na Península Ibérica. A disposição dos espaços em altura, adaptando-se ao terreno; a organização intimista dos pátios interiores a céu aberto, onde se ouve a água a correr; as suas janelas com arcos ultrapassados; e os revestimentos azulejares de ricos padrões geométricos, evidenciam a ligação mourisca dos artífices que edificaram e embelezaram o Palácio.

Mosteiro da Batalha
O Mosteiro da Batalha, também designado Mosteiro de Santa Maria da Vitória é, indiscutivelmente, uma das mais belas obras da arquitetura portuguesa e europeia. Este excecional conjunto arquitetónico resultou do cumprimento de uma promessa feita pelo rei D. João I, em agradecimento pela vitória em Aljubarrota, batalha travada em 14 de agosto de 1385, que lhe assegurou o trono e garantiu a independência de Portugal.

Sé Velha de Coimbra
A construção da Sé Velha teve início no século XII, sob a orientação do Mestre Roberto que dirigia na mesma época a obra da Sé de Lisboa. A igreja românica, construída em calcário amarelo, está implantada a meia encosta e é constituída por três naves, transepto saliente e cabeceira tripartida. O claustro, de um piso, disposto lateralmente a sul da igreja, foi construído no início do século XIII.

A Igreja da Misericórdia
A Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo atesta como a alegria dos minhotos é um traço tão identitário, que até o Barroco contaminou. Do início do séc. XVIII, o seu Barroco é de um colorido vibrante e festivo, em nada opressivo ou esmagador.

Também pode gostar…